NOTÍCIAS

Centro de Qualificação dos Açores

  04-05-2023

Centro de Qualificação dos Açores vai contribuir para redução de taxas de abandono escolar e formativo, realça José Manuel Bolieiro

O Presidente do Governo Regional dos Açores, José Manuel Bolieiro, reiterou hoje a “aposta estratégica” do Executivo na redução dos números de abandono educativo e formativo, sublinhando que o Centro de Qualificação dos Açores, hoje formalmente apresentado, vai contribuir para esse objetivo.

“Dirijo-me aos jovens: confiem nas vossas capacidades. São a geração mais qualificada e cosmopolita de sempre. Os Açores precisam da vossa produtividade e capacidade”, sublinhou o governante.

José Manuel Bolieiro falava na apresentação do Centro de Qualificação dos Açores, nas Capelas, Ponta Delgada, numa sessão que contou também com a Secretária Regional do Turismo, Mobilidade e Infraestruturas, Berta Cabral, e a Secretária Regional da Juventude, Qualificação Profissional e Emprego, Maria João Carreiro.

A obra, que tem a “alavanca financeira especial” do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) como suporte maior, e que está orçamentada em cerca de oito milhões de euros mais IVA, arrancará no verão deste ano e estima-se que esteja concluída antes da celebração dos 50 anos da Escola Profissional de Capelas, em 2026.

“Esperemos que este Centro seja de felicidade pelo realizado e grande esperança pelo futuro da qualificação”, considerou o Presidente do Governo.

José Manuel Bolieiro lembrou os recordes da Região a nível de empregados - no 4.º trimestre de 2022, os Açores atingiram máximos históricos de população empregada, com mais de 116 mil Açorianos (+5.5% do que em período homólogo).

“Tal deve-nos dar satisfação, mas não comodismo. É preciso continuar a puxar para cima as pessoas e a nossa economia”, frisou o governante.

E concretizou: “A nossa economia só tem sucesso se for produtiva. E a produtividade começa com o recurso humano e a qualificação. O trabalho dignifica”.

O Centro de Qualificação dos Açores, que vai nascer da reorganização da Escola Profissional de Capelas e que terá na sua dependência a Rede Valorizar, será um centro de formação de adultos, numa lógica de especialização inteligente, com oferta formativa ajustada às necessidades das empresas e com uma resposta articulada aos desempregados, designadamente com baixas qualificações.